31 de mar de 2011


Não foi o destino, o acaso, muito menos amor a primeira vista. Foi tudo devagar. Me apaixonei pelos seus atos, pelas suas brincadeiras bobas, pelo seu modo de puxar meu cabelo, de me fazer carinho ou fazer cócegas. Pelo seu jeito franco, seu sorriso aberto e seu olhar sincero. E, além de estar junto com você todos os dias, eu quero estar todas as noites.Dormir e acordar ao seu lado, fazer café da manhã pra você, disputar no telefone quem diz o último tchau, cantar suas músicas favoritas, esconder suas roupas, estar do seu lado, brigar contigo mas não aguentar um dia sem falar com você, te fazer ciúmes. Dizer que está tudo acabado, mas ter a certeza de que está só no começo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário